A importância da hora da refeição

A importância da hora da refeição
31/mar/2016
0 comentários

Os cães adoram várias coisas, mas quando o assunto é refeição, a adoração é bem maior.

Para muita gente dar comida para o cão é apenas uma parte da rotina e então apenas põe a comida no pratinho, coloca no chão e está resolvido o assunto.

No meu ponto de vista, esse momento deveria ser visto com mais importância pelos tutores. Deveríamos aproveitar quando temos total atenção do cão para passarmos algumas informações a ele. Vamos a algumas observações:

  • Quando for dar comida, chame o cão pelo nome. Caso esteja muito agitado (pulando ou latindo, por exemplo) espere se acalmar e então dê o alimento. Assim passamos duas informações: o estado calmo do cão traz o benefício e nós somos fonte de alimento, nos colocando numa imagem positiva aos olhos do cão;
  • Ao receber o alimento após se acalmar, o cão aprende a controlar sua ansiedade;
  • Se possível, dê as refeições do cão sempre nos mesmos horários. Isso cria uma rotina alimentar ajudando, por exemplo, as idas ao banheiro do cão.

     Obs.: Deixe a comida sempre disponível apenas se você não tiver outra opção;

  • Dê a quantidade necessária ao cão (consulte um veterinário se necessário). Alimento em excesso pode levar à obesidade, sendo prejudicial à saúde do cão (diabetes, problemas cardíacos, problemas com locomoção, por exemplo) podendo, inclusive, levar à morte do cão;
  • Cuidado com o que você dá ao seu cão. Há alimentos que podem ser muito prejudiciais à saúde do seu pet. Importante perguntar ao veterinário qual alimento você pode dar e em qual quantidade;

Controlando a alimentação do seu cão e colocando uma rotina de exercício (caminhadas, por exemplo), você terá seu amigo por muitos anos.

 

Texto de Fernando Oliveira, adestrador de cães.

www.consultorcanino.com.br