Guia de Raças – Basset Hound

Guia de Raças – Basset Hound
5/Maio/2017
0 comentários

Quem nunca morreu de amores ao ver um Basset Hound filhote? Com esse olhar meigo, orelhas enormes e jeito desengonçado, parece um cachorro que acabou de sair de um desenho animado.  Trata-se de um cão carinhoso, com um jeitão bem tranquilo, ótimo para crianças e idosos.

Suas características únicas exigem cuidados especiais, como no caso das orelhas que pelo seu formato são mais predispostas a otites (infeção do ouvido).  Recomenda-se limpar as orelhas do Basset Hound uma ou duas vezes por semana, fazendo-o desde pequenos para que eles se habituem ao procedimento. Como possuem patas muito curtas, os Basset Hounds têm grande dificuldade para subir degraus ou móveis como sofás e cadeiras, por isso é bom evitar que eles pratiquem esses movimentos com frequência. A raça também tem uma predisposição ao sobrepeso, e cuidados alimentares devem ser redobrados.

Os cães dessa raça apresentam também excelente faro sendo um cão obstinado a perseguir algo que lhe chama atenção durante a exploração do ambiente.  Ao deixar um Basset Hound solto no passeio você pode perde-lo rapidamente, pois ele vai se concentrar em farejar algo e andar muitas vezes sem direção certa.

Características da raça

amanho: 33-38cm

Peso: 18-27 kg

Longevidade: 10-13 anos

Pelagem: Tricolor com pelo liso e curto, fácil de cuidar.

Corpo:baixo e forte, com corpo longo e estrutura óssea pesada para o seu tamanho

Face: olhos doces e levemente afundados, com uma expressão tristonha.

Quantidade de exercício necessária: média, exige caminhadas diárias de 30 a 60 minutos.

Quantidade de escovação necessária: baixa, 1 vez por semana

Facilidade de treinamento: difícil pois é um cão com comportamento teimoso

Temperamento: amável e tranquilo, raramente agressivo e ótimo para famílias com crianças e idosos.

História da Raça

A origem do Basset Hound é francesa, daí vem o nome Basset que significa muito baixo em francês.  E foi lá que a raça começou a ser desenvolvida por monjes a partir do cruzamento de outros cães basset como o d’Artois e Normand. Foi uma raça desenvolvida para caça através do seu faro super potente, em especial a caça de animais que fazem tocas. As orelhas longas são justamente para ajudar a concentrar o odor que vem do solo para o seu nariz.  Após esses cruzamentos na França, a raça foi levada à Inglaterra. No Reino Unido foi cruzado com o Cão de Santo Humberto Bloodhound e o Beagle.

Para facilitar a identificação do cão dentro da vegetação durante uma caçada, os criadores selecionaram a cauda com a ponta branca que aponta para cima. A baixa estatura também foi escolhida justamente para facilitar o farejamento bem próximo ao chão.

O infográfico a seguir, feito pela Adorocaes.com.br , mostra mais detalhes sobre a raça:

Basset hound fvo alimentos

 

Conheça também outras raças no nosso blog.