Guia de Raças – Dogue Alemão

Guia de Raças – Dogue Alemão
28/mar/2017
0 comentários

A raça canina Dogue Alemão é muito peculiar. Trata-se de um cão de porte gigante que impressiona a todos. Sua elegância chama atenção por onde passa, e seu temperamento dócil e tranquilo agrada até a quem tem medo desse gigante.

Características da raça

Tamanho: 71-76cm

Peso: 43-54 kg

Longevidade: menos de 10 anos

Pelagem: Pelo curto e brilhante fácil de cuidar, nas cores azul, preto, arlequim (branco com manchas pretas), tigrado e dourado.

Corpo: longo e aprofundado sem pele solta, costelas arqueadas

Face: focinho longo e largo, cabeça longa com crânio estreito

Quantidade de exercício necessária: Alta, 2 horas por dia.

Quantidade de escovação necessária: baixa, 1 vez por semana

Facilidade de treinamento: de fácil a moderado.

Temperamento: amável e gentil, raramente agressivo e bom para famílias.

História da Raça

O Dogue Alemão descende raças de guerra e de caça e foi desenvolvido para ajudar na caça de animais de grande porte, como javalis. Não se sabe exatamente a data que a raça se originou, tendo registros desse cão com povos antigos como os egípcios. A hipótese mais aceita é a de cruzamento das raças Mastim Inglês e o Lébrel Irlandês. Com o passar do tempo, o Dogue Alemão se popularizou na Europa, pois era muito útil como cão de guarda e companhia, sendo um animal confiável e imponente.

Na Alemanha, em 1880 a raça foi formalizada por uma comissão de criadores, e anos depois ela já estava presente em exposições pela Europa. Aparentemente foi o criador chamado Bismarck que padronizou a raça efetivamente, criando o animal por 60 anos. Somente em 1891 que o padrão oficial da raça foi estabelecido.

O infográfico a seguir, feito pela Adorocaes.com.br , mostra mais detalhes sobre a raça: