Guia de Raças – Pequinês

Guia de Raças – Pequinês
21/jul/2017
0 comentários

 

 

Já estamos na 6ª edição do nosso Guia de Raças. Falamos anteriormente sobre o Lulu da Pomerânia, o Buldogue Francês, o Dogue Alemão o Basset Hound e o Beagle. Hoje iremos falar do Pequinês.

O Pequinês é uma raça que foi bem popular há algumas décadas atrás. Hoje em dia ainda é possível encontra-lo, porém não é tão fácil.   Considerado um cão toy, ideal para companhia e para viver em ambientes internos, inclusive ele se dá muito bem em apartamentos. Tem um temperamento um pouco difícil por ser teimoso e destemido. Costuma ser muito corajoso e não gosta de manipulação excessiva. É um cão muito ativo e fiel.

O Pequinês requer cuidados com sua pelagem longa, e precisa de pouca atividade física. Apesar disso, não podem passar o dia trancados, pois precisam, como todo cão, de passeios. Por ser um cão peludo, de pequeno porte e com focinho curto, é muito sensível ao calor. Eles sofrem com hipertermia com grande facilidade. O nome é uma derivação da palavra Pequim, capital da China, país de onde a raça se origina.

Características da raça

Tamanho: 15-23cm

Peso: 4 a 6 kg

Longevidade: acima de 12 anos

Pelagem: longa e lisa e pode ser de várias cores diferentes

Focinho: curto

Quantidade de exercício necessária: Baixa, 30 minutos por dia

Quantidade de escovação necessária: alta, todos os dias.

Facilidade de treinamento:  difícil

História da Raça

Essa raça foi desenvolvida exclusivamente para os nobres chineses. É um aristocrata, e seus ancestrais datam da Dinastia Tang (618 -907 d.C). Era considerado sagrado na China e só podia ser criado pela realeza. Apenas em 1860 é que a raça foi trazida para o ocidente, quando as tropas inglesas pegaram 5 exemplares durante a Guerra do Ópio. A realeza britânica então deu continuidade a raça que só existia no oriente. Um exemplar foi dado inclusive à rainha Victoria.

Em 1904 então foi fundado o primeiro clube dedicado à raça. A partir dessa época a raça Pequinês também passou a ser mais popular nos Estados Unidos, sendo que em 1906 foi registrado o primeiro exemplar da raça no American Kennel Club (AKC). No Brasil a raça foi muito popular nos anos 70  e 80.

 

O infográfico a seguir, feito pela Adorocaes.com.br , mostra mais detalhes sobre a raça:

guia de raças - pequines