Já ouviu falar em Dermatite Alérgica à Picada de Pulga (DAPP)?

Já ouviu falar em Dermatite Alérgica à Picada de Pulga (DAPP)?
3/out/2016
0 comentários

 

Seu pet não para de se coçar. Você leva ele ao veterinário e o diagnóstico é a  DAPP ( Dermatite Alérgica à Picada de Pulga ). Apesar de muito comum, poucas pessoas conhecem bem esse problema. Trata-se de um tipo de alergia que acomete cães e gatos: as picadas de pulgas disparam uma reação alérgica de difícil controle na pele dos animais. A saliva e outras substâncias que a pula libera ao picar o animal são alergênicas, e alguns pets tem graves quadros de irritação na pele.

Como consequência, os pets sentem muita coceira em locais como dorso, barriga, coxas e virilha. Em alguns casos, a alergia pode ser tão intensa que, para aliviar o sintoma, eles podem coçar até formar feridas na pele. Os sintomas então são:

coceira intensa, queda de pelo na área afetada (alopecia), pele inflamada ou até infectada, crostas, cheiro intenso na pele.

Diagnóstico

Apenas o Médico Veterinário pode diagnosticar a doença após uma minuciosa avaliação através de exames físicos e laboratoriais no animal. A presença de ectoparasitas (como a pulgo) já é um indicativo importante da doença, porém somente ele não é suficiente para fechar o diagnóstico.

Tratamento

O tratamento de base é eliminar a infestação de pulgas através de medicamentos próprios para isso, recomendados por um Médico Veterinário.  Após isso, é importantíssimo manter o controle de pulgas em dia, aplicando o antipulgas de acordo com orientação do fabricante. Entre as opções estão fórmulas spot on (de aplicar na região do pescoço), coleiras, sprays e comprimidos mastigáveis. Dependendo do caso o Médico Veterinário pode receitar anti-alérgicos para aliviar a coceira de início. Quando a pele já está muito inflamada ou infectada, antibióticos, loções e shampoos podem ser necessários também,

Fique atento: as opções são feitas para cada espécie. Portanto, não use produtos feitos para cães nos gatos (e vice-versa). Filhotes também precisam de medicamentos próprios para esta fase. Visite regularmente o Médico Veterinário, somente ele pode te orientar corretamente quando ao controle e tratamento da DAPP.