Tudo que você precisa saber sobre reprodução e gestação em cadelas

Tudo que você precisa saber sobre reprodução e gestação em cadelas
15/set/2015
0 comentários

 

A cadela atinge a idade reprodutiva entre seis meses e dois anos de idade. As raças pequenas tem o primeiro cio mais precocemente que as raças grandes. O inicio das atividade reprodutivas deve ser deixado para mais tarde, pois a saúde e o desempenho reprodutivo da cadela são melhores se a vida reprodutiva se iniciar no segundo ou terceiro cio.

As fêmeas destinadas a reprodução devem ser mantidas em bom estado corporal e de saúde, alimentadas com uma dieta balanceada e livre de parasitas internos (verme e outros) e externos (pulgas, carrapatos, etc). Não devem estar nem magras nem gordas demais,  pois estas são algumas das causas de problemas no parto e na lactação.

A cadela deve ser coberta pelo macho quando estiver receptiva, ou seja, aceitando a monta. Isto ocorre geralmente entre o nono ao décimo terceiro dia após o sangramento, ocorrendo uma variação individual.

A gestação das cadelas tem duração aproximada de 63 dias, podendo variar de 5 a 6 dias.

Durante o primeiro terço da gestação ocorre um aumento gradual no consumo de alimento. Nos últimos 20 dias de gestação ocorre um importante crescimento dos fetos e das glândulas mamárias. Por isso, é importante que a cadela receba alimento suficiente para manter-se em ótimo estado corporal, isto é, nem magra nem gorda.

Alimentos balanceados, com alta palatabilidade e água fresca à vontade, fornecidos em vasilhas limpas, estimulam o apetite e colaboram para um parto e lactação sem maiores problemas.

Uma vez gestante, e particularmente durante o final da gestação e na lactação, a fêmea deve receber dieta balanceada para estes estágios. Uma alternativa é o uso de ração de boa qualidade desenvolvida para filhotes (ração para crescimento), pois as necessidades nutricionais dos filhotes são muito parecidas com as da cadela nesta fase.Quando estiver amamentando, a fêmea deve receber esta ração á vontade.

Ao final da gestação, as fêmeas iniciam o preparo do parto. Ficam inquietas, preparam o ninho, procurando lugares abrigados da luz e longe dos ruídos de pessoas e de outros animais. Muitas fêmeas recusam o ninho preparado pelo proprietário, por isso devemos ficar atentos as suas exigências.  A cadela deve ser levada a sua “caixa maternidade” varias vezes antes do parto para que se acostume. Este procedimento pode evitar partos indesejados dentro de guarda-roupas ou em cima de suas cama por exemplo.

No momento do parto ocorrem as contrações, liberação do filhote, e expulsão da placenta. A cadela lambe o filhote ao nascer para estimular sua respiração. Come a placenta e o cordão umbilical. Algumas cadelas não gostam da interferência humana e na presença desta deixam de cuidar dos filhotes.

Por isso devemos restringir nossa presença absolutamente ao necessário para o conforto da cadela e dos filhotes.

Se notar qualquer anormalidade no parto consulte um veterinário.

Fonte: Fvo Alimentos